Home Vídeos DIGA NÃO AO LIMITE DA INTERNET – NERDBLOID
  Previous Video BAIXE JOGOS DE GRAÇA NA GOOGLE PLAY STORE! #NERDDICA 01
  Next Video KRIATURAZ: PRIMEIRO BETA TEST
0

DIGA NÃO AO LIMITE DA INTERNET – NERDBLOID

47
0

O mês de abril de 2016 foi um mês complicado para a história desse país. Em meio a vários escândalos políticos, eis que surge uma notícia que pode destruir o desenvolvimento tecnológico do país: A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) decide, não só aceitar como, apoiar a reivindicação das principais empresas de internet fixa do Brasil (Vivo, NET e Oi) de limitar o acesso à internet de seus usuários.

Como seria isso?

Hoje, todos os pacotes de internet fixa disponibilizados pelas mesmas empresas são ilimitados, você paga uma determinada quantia mensal por uma velocidade X de transferência e navega à vontade. Com o limite de navegação, o usuário terá uma franquia específica para ser gasta todo o mês, e após atingir a franquia sua internet poderá perder a velocidade de conexão ou até mesmo ser bloqueada (da mesma forma que acontece atualmente com o 3G e 4G).

Mas, por quê?

O presidente da Anatel, digníssimo Sr. José Batista de Rezende, citou motivos ridículos a fim de justificar a decisão. Dentre os argumentos, foram citados:

  • A falta de banda suficiente para todo mundo se a internet continuar ilimitada, por causa dos “gamers” que usam internet demais;
  • O fato de não existir nenhum outro serviço ilimitado no país;
  • O “mal costume” dos usuários de internet por causa das empresas de telefonia e suas propagandas de “ilimitado”

Nós sabemos que nenhum desses argumentos são válidos, afinal, a falta de banda suficiente pode ser resolvida simplesmente com a manutenção e ampliação das redes de fornecimento. Quanto a não existirem outros serviços ilimitados, isso não é motivo, citando uma famosa frase popular: Se ele pular do prédio, você também pula? E ao “mal costume”, também estamos acostumados com um péssimo serviço e descaso com o cliente, vão mudar isso também? E por fim, sobre os “gamers” estarem consumindo a banda do país… Aparentemente o Sr. Presidente da Anatel não se deu ao trabalho de pesquisar de onde vem a maior parcela de consumo? Um teste rápido feito pelo Nerdbloid concluiu que uma página do Facebook consome em média 3.2MB de internet, podendo variar bastante para mais dependendo do conteúdo da mesma, enquanto que 30 minutos de jogo online (testado com o jogo Marvel Avengers Alliance 2) consume em média 5MB. Quem abre o Facebook pra olhar apenas os três primeiros posts da timeline? É ridículo e sem fundamento algum colocar a culpa nos gamers.

E qual é o real motivo?

Nós sabemos bem o que está por trás de todo esse reboliço. Acontece que as mesmas empresas que nos fornecem internet também são empresas que fornecem TV a cabo, e com o acesso ao mundo digital as pessoas diminuíram o consumo de televisão. Afinal, porque pagar R$300 mensais para assistir a meia dúzia de canais, se você pode se divertir assistindo a vídeos no YouTube de graça ou a filmes e séries no Netflix por apenas R$19,90? Isso está tirando dessas empresas uma boa parcela de clientes que eles não estão dispostos a abrir mão.

Qualidade em primeiro lugar.

Enquanto esperamos por uma internet digna (visto que a do Brasil é precária, com redes antiquadas, conexões instáveis, manutenções irregulares e velocidades utópicas) eles resolvem aumentar o custo da internet em vez de melhorar o serviço. De acordo com o último relatório do Akamai, o Brasil está em 88° lugar no ranking mundial de velocidade média de internet, sendo que apenas 39% dos internautas estão acima da média de 4.1 Mbps. E a internet no país também é considerada uma das mais caras do mundo, ficando em 88º no ranking de custo de internet do Numbeo (ordenado do mais barato para o mais caro).

E o que tudo isso tem a ver com o mundo mobile?

Se você joga online, baixa jogos, músicas e vídeos com frequência para o celular e atualiza seus aplicativos e sistema operacional regularmente, você precisa se preocupar!

Mas você não falou que os jogos não gastam quase nada?

Sim, mas devemos levar em consideração tudo o que você faz com sua internet. Além de baixar jogos, músicas e programas, e assistir a filmes, séries e vídeos, também acessamos diversos websites que no final pesam bastante na conta, com tudo isso seu lazer ficará limitado e precisará ser “racionado”, principalmente se dividido com outros membros da família. Baixar um único jogo pode consumir até 1% da sua franquia (levando em consideração o maior pacote oferecido de 130 GB/mês), e se considerarmos jogos mais pesados

Todos esses exemplos são para mostrar o quanto devemos nos preocupar. O quão grave está a situação. Essa decisão já foi tomada! E a partir de janeiro de 2017 as empresas já poderão implementar a limitação dos pacotes de banda larga.

Empresas que não aderiram.

As empresas Algar, TIM e Copel informaram que não irão aderir aos novos planos de franquias. Isso prova que ainda existe bom senso nesse mundo e que, se toda essa história de fato for para frente, essas serão as empresas mais ricas desse meio! (risos)

O que podemos fazer a respeito?

Existe uma lista com nome e o contato dos senadores de cada estado, porém, estes meios de comunicação já foram saturados e bloqueados. Então, a segunda opção seria fazer uma reclamação diretamente à Anatel mostrando sua insatisfação sobre a decisão tomada. Clique aqui para entrar em contato com a Anatel e iniciar sua reclamação.

Vamos incomodar! Vamos nos unir e falar para nossos dirigentes o quanto nós estamos indignados com essa situação! Não podemos ficar calados! Divulguem, reclamem, compartilhem, explique a situação para os seus amigos! Não fiquem parados! Não aceitem isso!

#DigaNãoAoLimiteDaInternet #InternetJusta

(47)

Nerdbloid Nerdbloid é uma rede de entretenimento e notícias que trata do universo mobile e vai mostrar que este é o futuro dos videogames. Casal que joga unido, permanece unido… até que os smartphones os separem.